Os Benefícios Práticos da Construção Civil Sustentável



Em nosso último post, falamos sobre como tornar a construção civil uma atividade mais SUSTENTÁVEL. Na ocasião, ressaltamos os dados da Associação Brasileira para Reciclagem de Resíduos da Construção e Demolição (Abrecon) de que, hoje, apenas 20% dos resíduos de construção civil (RCC) gerados no Brasil são reciclados!


Dando sequência à discussão, traremos à luz o caso do município gaúcho de Canoas onde, há pouco mais de um ano, ocorreu a implantação da maior usina de reciclagem de RCC do país. A iniciativa vem mostrando resultados promissores: além de empregar formalmente mais de 100 ex-catadores, a usina garante mais sustentabilidade e economia para a administração municipal.


Atualmente, cerca de 150 caminhões chegam diariamente à usina trazendo RCC para reciclagem. O resíduo é recolhido nos pontos de entrega voluntária (PEVs) e nos cinco ECOPONTOS instalados na cidade, além de materiais descartados clandestinamente pela cidade. Esses resíduos passam então por processos de triagem manual e mecânica, britagem e peneiramento, gerando insumos como blocos intertravados, argamassa, areia, pedrisco e brita.


Segundo a administração municipal de Canoas, a usina tem capacidade para processamento de 15 mil toneladas mensais de RCC e a incorporação dos insumos gerados através do processo de reciclagem em obras públicas gera economia mensal estimada em R$ 600.000,00 aos cofres municipais.


O Grupo Atuação Ambiental salienta que está apto a realizar a reciclagem de RCC. Com uma área de 2.500 m² DEVIDAMENTE LICENCIADA no município de São Gonçalo-RJ, o Grupo conta ainda com frota própria para desenvolvimento de todo o ciclo de reciclagem deste tipo de resíduo, desde a logística de coleta até a produção de blocos

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square