Dicas simples e práticas para preservação do meio ambiente:


Plante uma árvore e devolva à natureza tudo aquilo que ela nos dá diariamente. Os benefícios são muitos: purifica o ar, valoriza a terra e pode servir de sombra, refrescando assim as casas e evitando o uso exagerado do ar condicionado.

Seja ecológico no tratamento do jardim, evitando o desperdício de água, ao regar de manhã quando está mais fresco para que a água não evapore com o calor. Procure utilizar fertilizantes naturais e amigos do ambiente, deixando para trás os produtos químicos.

Viver de forma ecológica é investir em artigos de segunda mão sempre que possível, dando-lhes assim uma nova vida, sem desperdiçar os recursos necessários para produzir um objeto novo.

Antes de jogar alguma coisa fora, pense na possibilidade de existir outra pessoa ou instituição que possa precisar desse objeto ou possa reaproveitá-lo de alguma maneira.

Tome a decisão consciente de fazer compras localmente, estimulando assim a economia local e evitando a produção de gases de efeito estufa que resultam do transporte de produtos de um lado para o outro.

Trocar as lâmpadas tradicionais por lâmpadas ecológicas e amigas do ambiente é um dos primeiros passos para se passar a viver uma vida mais verde.

Se não vai voltar a um ambiente dentro dos próximos 15 minutos, apague a luz. Para além de poupar em eletricidade, evita o sobreaquecimento do local.

Em poucos meses os celulares tornam-se obsoletos, mas o lixo não é o lugar apropriado para estes gadgets que, bateria incluída, largam substâncias tóxicas para o ambiente. Adere a campanhas de retorno ou procure um local onde é possível reciclar celulares velhos.

Se ainda tem uma secretária eletrônica, está na hora de ativar o voice mail e acabar com o consumo energético de um pequeno eletrodoméstico que está ligado 24 horas por dia, sete dias por semana.

Não encha as lixeiras com pilhas, recicle-as! Mas melhor ainda é optar por pilhas recarregáveis.

Recicle todos os recipientes de vidro e contribua para a diminuição da poluição do ar em 20% e para a diminuição da poluição da água em 50%.

Recicle todo o alumínio que consumir. Sabia que é possível reciclar 20 latas de alumínio com a mesma energia necessária para produzir uma lata nova?

Recicle os velhos cabides de arame que entretanto se deformaram – não os deite no lixo!

Diga não aos sacos plásticos, optando antes por sacos de pano ou tecidos reutilizáveis. Se, mesmo assim, tiver ainda muitos sacos plásticos, saiba que existem muitas formas de reutilizá-los para o bem do meio ambiente.

Recicle todos os jornais. E lembre-se que você pode ainda reutilizá-los de várias formas antes da reciclagem.

O chamado junk mail pode entupir a sua caixa de correio com toneladas de papel indesejado, por isso, não subscreva catálogos ou revistas em papel que não necessita.

Para salvar as árvores do planeta, recicle o seu papel, mas antes disso aproveite para imprimir ou escrever nos dois lados de cada folha.

Evite comprar papel de embrulho e faça você mesmo, recorrendo a páginas de revistas, folhas de jornal ou outras formas de arte. Não se esqueça que são necessárias 20 árvores para produzir uma tonelada de papel.

Pagar as contas online e receber todas as faturas eletronicamente é uma atitude ecológica que felizmente cada vez mais pessoas estão adotando, a bem da preservação das árvores e do planeta.

Por que motivo continua a receber os extratos bancários via correio se pode consultar as suas contas diariamente, e as vezes que quiser, online? Poupe papel e árvores, evite a emissão de dióxido de carbono e outros gases de efeito estufa, tão prejudiciais para o planeta.

Desligar os computadores no final de cada dia, seja o computador de casa ou do trabalho, traduz-se numa poupança energética significativa.

O plástico é um dos maiores componentes do lixo doméstico e um material que demora centenas de anos a decompor-se. No escritório, esqueça os copos de café em plástico e leve a sua própria caneca.

Se puder, trabalhe em casa em part time ou até full time e reduza o deslocamento, o consumo de combustível e o nível de poluição.

Evite a compra de software em CDs e respectivas embalagens, optando antes por fazer o download online – a redução da quantidade de lixo associado é significativa.

Faça uma refeição vegetariana por semana e reduza os custos energéticos, naturais e de transporte relacionados com a criação e distribuição de produtos de carne.

A não ser que vá confeccionar um bolo, não pré-aqueça o forno, ligue-o apenas no momento em que for introduzir os alimentos. Quando quiser verificar o estado dos alimentos, espreite pelo vidro do forno em vez de abrir constantemente a porta.

Troque os guardanapos de papel por guardanapos de pano – faça menos lixo e poupe as florestas.

Na hora de tomar café, evite as colheres e misturadores de plástico, pedindo sempre uma colher em aço inoxidável.

Num piquenique ou convívio em casa com os amigos, procure formas criativas de identificar os copos, para evitar o desperdício de copos plástico ou em água na hora de lavar tudo.

Prefira os fósforos aos isqueiros, uma vez que estes últimos são confeccionados a partir de plástico e recheados com gás butano. A escolha de fósforos também pode ser mais ecológica – opte por aqueles feitos de cartão, em detrimento daqueles produzidos em madeira.

Recicle as garrafas de água que rapidamente se acumulam e que demoram centenas de anos para se decompor. Melhor ainda é optar por uma garrafa de água reutilizável.

Não passe a louça por água antes de colocar na máquina de lavar – é um desperdício de água, tempo e energia (principalmente se a água estiver quente).

Alterar o termostato de casa em 1 grau é quase imperceptível, mas representa uma poupança de energia que ronda os 10%.

Sempre que possível, lave a roupa em água fria (e com a carga máxima) e contribua para a preservação da energia do planeta.

Evite as máquinas de secar e estenda a roupa ao ar livre. Além da poupança energética, a roupa dura muito mais tempo.

Encurte o banho em 2 minutos e poupe aproximadamente 37 litros de água.

Tome banho com a sua cara metade ou junte as crianças no banho para poupar esse recurso precioso que é a água.

Feche a torneira da água ao escovar os dentes e poupe até 19 litros de água por dia.

Existe uma grande diferença entre os cotonetes confeccionados com cartão e os cotonetes confeccionados com plástico: os primeiros são mais amigos do ambiente do que os segundos.

Até deixarem as fraldas, os bebês podem gastar entre 5 e 8 mil fraldas descartáveis, que podem demorar mais de 400 anos para decompor-se. Opte por fraldas de pano, fraldas reutilizáveis ou biodegradáveis.

Conduzir mais devagar ou recorrer ao "cruise control" é uma excelente forma de poupar combustível e reduzir a sua pegada de carbono.

Se tiver que sair com o carro, tente organizar os seus afazeres de forma a executá-los de uma só vez, poupando assim combustível e tempo.

Assegure que o seu carro tenha sempre a manutenção em dia – um carro saudável produz menos poluição para o meio ambiente e permite poupanças significativas em termos de combustível.

Em vez de lavar o carro em casa, vá a um ponto de lavagem automática, onde o consumo de água é controlado e, consequentemente, não desperdiçado.

Sempre que viajar, prefira um bilhete eletrônico em detrimento dos bilhetes de viagem tradicionais – poupa papel e viaja na mesma.

Re-encaminhe estas dicas para familiares e amigos – se todos aplicarem um destes gestos ecológicos, o mundo será certamente um lugar melhor.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square